20 de junho de 2017

Não é por mero acaso que acontecem eventos na tua vida, varias formas de andar, de ensinar, de amor, e de respeito. Cabe a cada um ter a sua cabeça livre e ter de aceitar todos os momentos e todos os males e bens. Isto é só um relato da minha pequena vida, onde vou tentar ao máximo explicar o porquê? Que todos se estão a perguntar, não quero ser um coitado, só quero que aceitem! Não, não estou doente, simplesmente não aceito a maneira que se vive nesta sociedade, onde cada um faz por si, e não olha a meios, não quer enxergar os outros.
O resume que consegui tirar, não há humildade, não há respeito, não há amor, nem bom senso nas pessoas.
Criei este blog, para dar as respostas de uma vida, desabafar a minha historia, podem me chamar fraco, mas sinto que fui demasiado grande para expor isto, que tenho vergonha…
Várias razões foram, desde pequeno até agora, para tomar esta necessidade, está vontade, este desejo.

 Relacionamento
Depois de ter um relacionamento de 2 anos, acabou um relacionamento onde descobri que a pessoa me tinha traído na minha própria casa, isto retorna a Abril de 2015, logo depois por volta de Junho conheci um rapaz, mas fiquei sempre com um pé atrás, durou até Agosto, até descobrir uma mentira, como estava calejado, acabou-se logo tudo. Nesse mesmo ano em Dezembro de 2015 conheci um rapaz, fiquei fascinado, quanto mais o conhecia mais apaixonado ficava. Nesse mesmo mês ele fazia anos, tentei lhe fazer uma surpresa, no seu dia de anos leva lo a passear, demonstrar que está a ficar apaixonado, e assim o fez, no principio de Janeiro de 2016 começou o namoro, que se demonstrou um pesadelo. Acreditei nas suas palavras, no seu afeto, fui avisado, para ter cuidado e calma, mas comecei a ficar sem espaço para o meu coração ver outra coisa. Durante o relacionamento várias pessoas de fora, começaram-me a contar coisas da sua vida, mas não era isso que me ia impedir de levar o relacionamento para a frente, comecei a conquistar objetivos, ele era a minha vida, os meus sonhos passavam por ele estar comigo. Tudo corria bem até abril, as primeiras discussões a parte fraca dele começaram a falar, eu sem nunca desistir, e com o sentimento que alguma coisa se passava, descobri o a usar uma aplicação de encontros com outros rapazes, confrontei, pediu desculpa, que estava a usar só para se sentir desejado. O que mais tarde venho a descobrir que era mentira, em que fase fui descobrir na minha altura de frequências, sim ele traiu me, sim, não só uma vez. Criei um perfil, e marquei encontro com ele, a fazer me passar por outra pessoa. Nessa noite, fiquei sem palavras para o que tinha acontecido, sim ele apareceu, resumindo acabou por se mostrar arrependido e que nunca mais o ia fazer, eu gostava mesmo dele, perdoei tudo, sentido que ele ia mudar, simplesmente um engano.
O tempo foi passando e sempre demonstrou paixão e que era o que ele queria um relacionamento saudável, claro devido ao que se passou, fiquei sempre com um pé atras, e com crises de ciúmes constantes, mas onde descobri mais asneiras feitas pelo mesmo.
Mas em Junho tudo estava perfeito, e eu queria que ele não sentisse os males de infância as dificuldades económicas que ultrapassava, fossem sentidas. Foi quando o telemóvel dele, avariou, como eram 6 meses de namoro, comprei lhe um novo, estava-me sempre a dizer que gostava de ter um trabalho para poder fazer impasse as despesas da faculdade, consegui lhe arranjar um local para fazer algumas horas. Tudo corria bem, quando falamos de ferias, tinha me dito que nunca tinha conhecido o algarve, e visto que ele não tinha as melhores hipóteses, marquei tudo, disse para guardar o dinheiro para a faculdade até a começar a receber a bolsa, e lá fomos para uma semana de ferias os dois, os meus sentimentos foram sendo maiores, acreditava que ele era a minha vida.
Começou a faculdade, e o dinheiro começou a ficar escasso, comecei a trabalhar pelos dois, para o poder deixar ficar bem, não passar mal na faculdade, para poder não dizer que ficava em casa, pelo o dinheiro. Todas as semanas o ajudava, como o sentimento, que ele não podia desistir, porque o resultado da bolsa demorou muito tempo só em fevereiro é que o resultado saiu. Neste tempo diverti-me imenso, fez me sorrir, fez me sentir a pessoa melhor do mundo, mas havia algumas coisas que falhavam, mas eu não dava muita importância, mas se calhar era o que devia ter visto. Era eu que lhe ligava quase sempre, um bom dia, uma boa noite faltava. Mas perguntou me agora, mas se ele me queria porque havia essas falhas? Não nos víamos durante uma semana, quando chegava de fim de semana, dizia me ficava em casa porque estava cansado. Mas eu não deveria receber mais amor, mais paixão?
Depois de começar a receber a bolsa, começou a ignorar o trabalho ao fim de semana, com a desculpa que estava cansado, que não ia estar a estagiar durante a semana e ir ao fim de semana fazer algumas horas. Pois já não havia necessidade.
Começou a dizer que ia ficar lá o fim de semana, eu dizia, eu vou aí passar o fim de semana contigo, começou a dar desculpa, para não gastar dinheiro, que não valia a pena; mas quem ama, não faz todos os esforços para estar com quem se ama?
Foram muitas coisas feitas, muitos esforços feitos, muitos jantares, passeios, noite de cinema, muito apoio, durante esse tempo, reafirmando todos os meus objetivos, ambos concluir os estudos, para começarmos a construir a nossa vida. Queria dar-lhe tudo o que não teve, tudo o que tinha perdido, dar-lhe os mimos todos que precisava. Apresentei o a minha família, levei o para minha casa, sempre com a esperança no relacionamento
Em Maio, começou o pesadelo, depois da semana da queima de Coimbra, onde eu quase pedi por favor para ir, quando acabou, começou as discussões. Num momento dizia que me amava, no outro já não queria mais.
Quis acabar, mas eu lutei tanto por ele e por nos, não ia desistir, até que aparece de novo, ele a usar as aplicações de encontros sexuais. O que me faz sentir, sou uma merda, fui até lá para falar com ele, discutimos muito, tirei-lhe o telemóvel, ao qual ele não aceitou e sim agrediu-me, dentro do meu carro. Momentos após mostrou arrependimento, mas eu não aguentava com a magoa de quem fez tudo por ele e depois acontece isto.
Mesmo assim, era a ele que eu queria, acreditava que aquilo tinha sido um momento único, sem repetição. Eu estava de rastos, só queria morrer, dei lhe tudo na minha vida, ás vezes a ficar sem nada para mim, para ele poder estar bem.
Passados uns dias falamos, ele rendeu-se e disse que iriamos voltar, senti que ia ser verdadeiro, pediu me confiança, paciência. Eu disse que sim.
Então como ele ia acampar, conversamos que seria melhor ir pô-lo a Coimbra, por causa da ida ao supermercado e levar as coisas. Ao que me mandou mensagem a agradecer e queria muito que as coisas resultassem (vai estar as mensagens em imagens). Toda a semana falamos uma vez por dia, sempre a dizer esta tudo bem, que me amava. Veio no sábado, eu disse que ia ter com ele, passar a noite com ele, deu varias desculpas para não acontecer. Nessa noite fui sair com a minha família e liguei lhe bêbado, superchateado por ele não me dar atenção, o que resultou raiva, bebedeira num acidente, onde simplesmente fiquei magoa. Mandei a imagem do carro e disse obrigado pela preocupação, ligou-me simplesmente a dizer acabou, que eu não tinha sido correto. E que era o fim de tudo. A partir dai começou a dar-me com os pês a ignorar-me. Que precisava de espaço, para ter cabeça para a escola, para o estagio, para os exames, que não queria estar com ninguém, simplesmente, queria estar sozinho, eu respeitei, mas sempre a tentar dar a volta. Comecei a dizer tudo o que foi feito no ano e meio, mas sem volta da sua parte. Mandei uma fotografia nossa, com uma carta, um vídeo, da nossa historia. Depois noutro dia, coloquei uma faixa a pedir desculpa, porque ele me fez sentir que eu era o culpado de tudo. Ele simplesmente ignorou.
Na outra semana, disseram-me que ele já estava com outra pessoa, ele negou profundamente.
O que fiz, se ele tem o telemóvel que lhe dei, a compra esta em meu nome, vou busca-lo, fui até ao centro de saúde onde ele estagia, e pedi-lhe, o qual ele negou, ameacei com a policia, foi quando ele desligou e me deu.
Coma curiosidade e a desconfiança, consegui ligar o telemóvel, foi quando me caiu tudo a chão vi as mensagens as conversas todas, com o Outro. Voltei ao centro de saúde e mandei o chamar, foi quando lhe perguntei se eu era palhaço e começou a discussão com berros e agressões verbais.
Foi um ano e meio a dar tudo a pessoa e ela simplesmente não deu valor a nada.
Então com a raiva, apresentei queixa na sua faculdade ESENFC, por tudo o que ele andou a fazer mal, como um dia ser enfermeiro, com ilegalidades.
A noite falamos, porque lhe troquei as pass do mail e do face, onde li o outro a chamar-me doente, onde ele teria alguma coisa opinar se não sabia da historia a metade.
Nessa noite falamos, ao que ele me diz estas lixado, porque estou apaixonado por ele, ele faz me mais feliz que tu mil vezes, tu és psicopata, ninguém gosta de ti, só a senhora onde vives por tem pena de ti…
Fiquei destruído.

video
As coisas não têm conserto, ele quando foi para o campismo, quando fez as pazes como lá em cima descrito e nas mensagens, mandou mensagem a dizer que iria fazer as coisas para darem certo, e que me amava. Afinal ao final de 24h, ele estava a mandar mensagem ao outro a convida-lo para conhecer o t0, ou seja dormir com ele. E pelos vistos foi a semana toda, tenda de um e tenda do outro. E a ligar-me a dizer que estava tudo bem, que me amava. Depois colocou a me a culpa de acabar comigo. E pela mesma maneira, descobri que quando me agrediu já andava a falar com ele. O que ainda me dá mais dor, é ter lido as mensagens, quando eu lhe dizia tenho saudades tuas, queria estar contigo, as respostas era espera ao fim de semana, com ele, tinha escrito: ele dizia melhor tivesses comigo, a resposta do meu ex, era quem me dera, já estou a ficar coiso. Como as mensagens do outro a dizer que tinha de mudar de cama, que aquela fazia muito barulho.

Comigo, andava sempre a dizer atenção, por causa das pessoas não perceberem que éramos namorados, com o outro disse lhe estou-me a cagar para as opinião das pessoas.
Além de eu lhe dizer posso ir ter contigo estar um pouco contigo, a resposta era, estou cansado, amanhã, quando o outro lhe perguntava vamos estar um bocado juntos, ele logo prontamente dizia sim claro, vou só tomar banho, comigo muitas vezes perguntava-lhe não vais tomar banho? Ao que ele respondia, não para quê? E dizia-me só queres sexo, só queres estar comigo pelo sexo.

Ele, estragou os meus sonhos de vida, ajudei-o o máximo que podia, dei-lhe tudo o que podia, acreditei nele, nas suas promessas, nas suas palavras, para que mentir? Para querer fazer as pazes, para me encornar. Foi a bênção que ele me deu, depois de eu lhe dar tudo. De me esforçar um ano e meio por ele. Porque é que as pessoas são assim, eu era bom quando ele anda mal economicamente? Não entendo, faz me concluir que eu fui usado, enquanto, não tinha dinheiro.
As lágrimas agora não saram, o coração também não. Ele fez-me acreditar que depositamos tudo numa pessoa, que simplesmente, olha só para si. Não pensa nos outros, foi um mal-agradecido.
Ameio como nunca amei ninguém, fiz de tudo por saber muito da sua vida, de me contarem, eu sempre lutei, sempre disse que ele era diferente, mas o que me fez, dar razão as pessoas.
Agora, só espero que percebam as minhas dores, as imagens das mensagens não me saem da cabeça. Como consegue ser  ingrato e cobarde, não dar valor a nada.
Simplesmente fui enganado, pela sua humildade, que não existia. A primeira oportunidade um pontapé.

Dei te tudo da minha vida, ajudei te em tudo, não podes negar, só quis que desses valor, mas não! Quando já não precisavas de mim, nem que te ajudasse financeiramente, deitastes logo com outro, enquanto eu posso dizer que foste o unico que me tocas te  no meu corpo durante um ano e meio.
Fica bem, ou menos o outro teve o que eu não tive!

Podem criticar à vontade, mas o meu testemunho é para ajudar as pessoas, não acreditem num olhar, num sorriso, numa palavra. As pessoas são falsas e oportunistas.
Um dia vamos nos encontrar!
de quem te amou intensamente!















18 de agosto de 2010

Agir, sem o modelo de dignidade auto suficiente!


Não sei a que termos estamos, a que dia estou, tudo ficou como uma brisa no ar!


A vida tornou se incapaz de suportar este fragancia que a todo o momento, me torna incapaz de evitar um novo sonho!


Tou vivendo uma vida replecta de rejeiçoes e poucas aceitaçoes, quem nos rodeia são pessoas inutelizadas pelo seu tempo e suas vivencias, tamos de acordo que tudo se faz atravaves de delicias que nos tornam fortes e capacitados de viver!

Todas as palavras sao absorvidas pelo meu sangue e sao refectidas atraves do ar que respiro, sou alguem que me transmito diversas vivencias, por vezes nao sao as melhores de conseguir manter ou lançar novos objectivos, são pedaços amargos que nos perseguem diariamente, dia-a-dia, hora, momento a momento....quero eliminar, e começar tudo de novo, sem ajuda,pois essas ajuda decidio viver uma vida, sem conseguir me levar nesse barco....

Não entendo porque os bonecos são tao simples e desistentes, tao frageis, quando o meu ser no principio lutou e ajudou a tua alma, e depois quando o meu bater do coração precisa de ti, deixas me na mão completamente abandonado!
Estou abandonado e a tentar encarar uma vida de deseleixo e desespero.....
Mas afinal a ajuda que te dei, os momentos que choras t e apoei te, o sorriso que te dei, os momentos de vida unicos, o prazer que te dei, foram so momentos, nao passaram simplesmente disso?


Não te fizeram crescer?

Ou conceguiram te cegar por completo, aquela vida, aqueles filhos, tudo se tornou numa saudade, saudade de um momento nunca vivido!

Estou rodeado de pessoas que nao fazem o mero sentido, cada uma vive um lado desconhecido, e preenchido de falsidade indefinida.....
Sera que a honestidade,sinceridade, a simples verdade é dificil de ajudar a viver um mundo melhor; hoje em dia toda a gente fala de PAZ, mas onde existe essa paz? No outro mundo, na outra vida?


Essa vida existe? Seremos de capaz de fazer uma limpeza corporal, que nos podera levar como penas para outro sitio melhor? Porque nao somos como a borboleta? Ou melhor ainda uma abelha? Assim que cada ser desse uma ferradela, MORRIA!
Ups ja nao existia pessoas no mundo!
Era tudo mais facil entao!
Simplesmente no fim de tudo so fica a vontade de reviver ou aprender, ja nao sei!


Que devo fazer, abandonar, presisitir, ou deixar andar?


O meu sangue anda a ficar consumido por algo que esta completamente injusto a ele, esta a ser bombardeado com um produto insufeciente ao meu viver,odio?amor?
Não sei, tudo é muito dificil de perceber ou aprender, tudo e improprio de consumo e alternativa...

So existe uma unica salvação....mas qual?

9 de junho de 2010

Amar?

Será que existe um verdadeiro significado para esta palavra?
Todo o nosso conhecimento é pouco plausivel. Quando pensamos que já amamos alguém, estamos ocmpletamentes enganados, porque aseguir a vivencia vem outra pessoa e torna esse sentimento mais forte, com maior vivencia, com maior valencia..
Hoje sim,posso dizer que amo, amo como nunca amei.
Que palavra tão forte e única, mas hoje não tenho medo de a dizer, transmitir, vive-la; porque sim, sou correspondido com um sentimento e com uma expresão autentica.
Mas contudo,não posso dizer que já sei o que é, porque cada vez o sinto em grande crescimento.
Os momentos são de todos indiscretiveis, verdadeiros, humildes...
Não tenho de pensar na maneira como fazer alguma coisa, simplesmente o meu corpo quer te amar de uma maneira que nem o meu psicologico consegue parar.
Já lá vai algum tempo desde o nosso primeiro "olá", ou mesmo da nossa troca de olhares; mas eu estava completamente cego, para não reparar naquilo que realmente me ia fazer sorrir e viver momentos que jamais vao ser esquecidos.
Enfim passado 1 ano de apredizagem, a vida nos quis juntar.Foi tudo menos fácil!
Apenas a tua presença me "incomedava", depois aquele beijo na cara de despedida, tao inocente, foi realmente indescritivel. Dou por mim a reflectir horas a fio.
A verdade é que já não me saias do pensamento.
Estava-te a ver de outra maneira, a completar a amizade, mas contudo um Amor impossivel.
Enfim tentei, e fui correspondido com a mesma forma e o mesmo sentimento. Mas as coisas não podiam avançar, tu estavas a viver outro romance de algum tempo e eu não tinha o direito do destruir.
Falamos, pensamos e realmente estavamos preparados para começar a viver uma nova vida. Deixas-te tudo, e entregas-te a mim por complento.
O meu coração não parava de bater e de te quer ver denovo. O dia chegou, primeiro o olhar profundo e de desejo, seguido de um grande abraço melhor do que todos os outros e por fim um beijo claramente apaixonante e cheio de atracçao,desejo,prazer...
Agora, o teu toque o teu olhar, o teu corpo, o teu sorriso...podeira descrever inumeras coisas, mas tudo se resume a uma unica pessoa TU!
Surgem os passeios, as noitadas, a partilha, os sonhos, o melhor de tudo a nossa vida.
A nossa relação começa a ter desejo nunca antes alcançado.
Sou bem recebido onde qualquer lado que ve contigo, tua casa, na tua familia... Sinto-me que posso entreguegar coplentamente a ti.O teu toque, o teu desejo...
O melhor de tudo é que sei, que isto tudo é como é como a vida sempre em crescimento.
Por fim uma unica coisa posso dizer a uma pessoa unica e importante, AMAME....

30 de abril de 2010

Memorias xD

Estou a viver momentos de uma densidade incrível! Tudo me faz superar montes e vale.

Já la vai um mês mas parece que foi ontem que tudo começou, as memorias de momentos indescritíveis, sorrisos jamais alcançados, foi o que tu fizeste em mim. Viras te a minha vida no momento em que pensava que não era possível. Estou aprender andar de novo, como os bebes. Tudo faz sentido, sendo duas pessoas tão diferentes, mas tão iguais.

Pareço um pássaro livre, posso fazer o que quiser contigo onde quiser, pois somos 1 só e ninguém nos vai fazer tremer.

Cada dia que passa, é vivido, seja longe ou perto fisicamente, porque junto estou todos os dias.

Só quero gritar, fugir! Mas sabes, sou capaz de voar! Acreditas? Consigo me mover para todo os lados tenho essas asas que tu me deste.

Nem sei o que dizer o que escrever, a única coisa que sei é que tu sabes!

A felicidade do meu coração ninguém te a vai roubar, porque tu és o mecanismo da minha máquina.

Estas noites de verão são demasiadas refrescantes.

Saber o futuro não sei, mas tentar faze-lo, vou supera-lo!

10 de abril de 2010

$ Serei um ser normal? $









" Namoro, é uma instituição de relacionamento interpessoal não moderna, que tem como função a experimentação sentimental e/ou sexual entre duas pessoas através da troca de conhecimentos e uma vivência com um grau de comprometimento inferior à do matrimônio. A grande maioria utiliza o namoro como pré-condição para o estabelecimento de um noivado ou casamento, definido este último ato antropologicamente como um o vínculo estabelecido entre duas pessoas mediante o reconhecimento governamental, religioso ou social. "

Não sei que será isto... Conseguirei viver um namoro da forma que acho "normal"? Serei eu um problema? Serei eu um ser que não vou saber gostar?

Tudo me faz confusão, minha cabeça imagina filmes, poderei ser realizador? Será que estou bem?

Não existe um ser que me perceba e me faça entender o meu ponto de vista? Ou não me explicarei bem?

A minha visão esta completamente coberta de substancias que me fazem tornar me uma pessoa incapacitada de atitudes, ou mesmo fracassos.Eu quero ser feliz e conseguir obter resultados, mas tudo o que eu sei fazer é destruir o que vou construindo. Pareço os meninos a brincar na areia da praia, constroem um castelo, depois a maré sobe e desmorona tudo.

Penso que devo viver para aprender, mas todos nos aprendemos ate morrer! Será a vida uma lição? Mas para que se depois da morte não existe nada! O que aprender tenho que utilizar aqui...

Tenho então de aprender e viver ao mesmo tempo, como se já tivesse morrido outrora. Quero aproveitar todos os momentos de sorriso e de alegria que tenho.

Namoro que palavra forte! Pois mas com essa palavra me levanto e me deitado de sorriso nos lábios e me faz abraçar tudo e todos. Mas uma pessoa consegue viver assim?

Muitas coisas me faz confusão, coisas que não entendo que não percebo! Não consigo encontrar justificações para as minhas questões. Serei burro? Mas de uma resposta coloca-se uma nova incógnita, assim sucessivamente sem encontrar a resposta da questão que me questionei a 1 hora atrás...Será normal?

O certo, é que nunca me tinha visto em tal papel! Existem sentimentos efectivamente muito fortes os quais não sei justificar, mas espero que a vida se encarregue disso!

Momentos de Loucura....... M.L$

8 de abril de 2010

Consigo-me entender?

Saudade, que palavra que não consigo encontrar...Não sei o que se passou, tenho falta de momentos que vivi, que quero viver! Mas isso já não é ansiedade!Mas pk? Serei eu louco? Ou tudo advém do passado?
Quero me compreender,quero me perceber, quero me encontrar! Pk não temos aquela vida que sempre quisemos? Pk nao posso decidir fazer as minhas regras? Talvez não as consegui-se realizar!
A cada momento mudo de "personalidade"! Não chega uma tarde com os amigos na risota, no café; chego a casa fica a nostalgia do passado! Pk ng me a consegue tirar...pk esta vida e feita destes momentos, momentos que nao queria. Momentos que queria descobrir um sorriso!
Ser feliz...posso? Ou tenho de perguntar ao mundo: posso ser feliz a minha maneira?p Posso estar com quem quero? Posso ir onde quero? Posso viver onde quero? Sem me preocupar com contas!pessoas!vizinhos!e todas as banalidades desta vida!
Tudo nesta vida é dificil, estou quase com 20 anos, mas um histórico de arrepiar; se aos 20 é assim, aos 30 nao quero pensar! Serei um mendigo, como toda a gente pensa, ou serei alguem com uma reputação...
Sei que sou badalado, mas nao pelas pessoas correctas ou que desejo.Pessoas que nos marcam,pessoas que desaparecem, pessoas que nos amam! Eu quero te e tu queres?nao seria fácil! Gosto de ter o meu espaço, as minhas coisas, os meus segredos! Posso nao ser quem tu pensas, pk nem eu sei quem sou... Um dia esperei saber o que decidir vou fazer o que serei..agr quero e VIVER! saudade,nostalgia,viver! isto sim é a minha vida!






Por hoje fica esta frase: |Os vivos parecem todos a mesma pessoa, e eu acho que não gosto muito dessa pessoa! | xD

Existe ou apenas ilusão?

As lágrimas nem sempre são tão fortes como a dor que sinto, dor essa que não passa, só quando tu chegas e me dizes aquelas palavras, com aquela expressão, que no meu ouvido sussurras, que atravessa todo meu corpo, e me faz eriçar todos os meus vasos sanguíneos, as artérias tremessem, e os ventrículos começam a colocar se nervosos, e avançarem com uma velocidade que só Tu podes parar, com o teu toque, e o teu suspiro no meu pescoço. Tuas mãos procuram colar se as minhas, meus lábios enxaguarem se nos teus, tudo de nos se une e faz continuar com aquela palavra, a transpiração está a deslizar pelo corpo. Mas isto não se passa com qualquer duas pessoas que se gostam? Ou tudo isto é mais que isso? Dizes me isso! Consegues? Letra a letra, mas no silencio quero ser o único a sentir que me estás a dizer isso, deixa a voz de parte, os gestos perdidos no meu corpo, e o sentimento deixa o falar, deixa o tomar conta do meu Ser, para muitas pessoas sou uma personagem, e para ti sou quem? Para mim, sim és uma personagem, personagem essa que me deixa vigoroso com essa tua maneira de ser… Ser como és, faz com que eu perdure na tua vida, e que tu ajudes-me a construir a nossa vida. Mas esta vida estará preparada para receber 2 jovens tão novos, para infinitos momentos de felicidade, ou é assim tão injusta que nos vai separar? Não vai porque agora somos NÓS, mais fortes que tudo. Sabemos lutar, enfrentar enigmas que nem sempre parecem ter solução, mas se debatermos, alcançamos o êxito. As outras pessoas cairão na cobiça, que nos vai passar ao lado. Por todas as nossas desavenças connosco e com a vida, faremos que os nossos músculos suportem essa dor e que nos una ainda mais, e no final disso tudo podes sim dizer uma coisa Amo-te